“Não há alunos burros!” Eduardo Sá

Ter uma negativa, errar ou não ser capaz de vez em quando é ganhar uma oportunidade para aprender”, defende Eduardo Sá. E diz mais: “não há alunos burros” e se há crianças que não são melhores alunos “não é porque não aprendam, mas porque “os bons exemplos que lhes chegam dos pais e de alguns professores.

Ao ver este vídeo do psicólogo Eduardo Sá não pude deixar de o partilhar. O quanto é importante falhar, cometer erros, enganos, e mesmo que custe, sofrer negativas, porque se sente um sabor acre na boca, um estômago amassado e principalmente a pausa necessária para reflectir nos passos tomados, e o necessário para fazer diferente, melhor. Concordo em pleno com ele.

Se há expressão que deteste é sem dúvida ‘és um burro/a…não percebeste nada’. Mas afinal de onde veio, quando começou esta expressão que dizimou a auto estima de tanta gente que passa e transmite de geração em geração, não obtendo proveito algum sem ser um murro no estômago da estima de quem se esforça diariamente por aprender e viver, por ser a aprender.

É necessário sem dúvida, ser um exemplo do que pretendemos no outro, a começar pelos mais pequenos.

É certo que vivemos numa sociedade cada vez mais exigente, crítica e cheia de tarefas e solicitações, mas nunca é tarde para se começar aos poucos a diminuir o que nos retira a atenção do principal e nos focarmos no essencial, no que pretendemos melhorar, a começar por ajudar quem precisa de melhorar. Para tal, começar também em nós, adultos, observarmos os nossos padrões, onde nos distraímos e com o quê, reduzir a lista de tarefas para que possamos nos sentir mais organizados e focados e acima de tudo sentirmo-nos disponíveis para ajudar os mais novos (de casa) a ultrapassar dificuldades, dúvidas, e satisfazer curiosidades ou  melhor, fomentá-las, e sendo assim um exemplo também…tudo isto num processo calmo e tranquilo, num passo a passo, em família.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s